Atenção redobrada na hora de assinar contratos de compra e venda de imóveis

Última atualização: 28/08/2012 12:00:00

Atenção redobrada na hora de assinar contratos de compra e venda de imóveis

 

Grande ou pequena, aconchegante ou espaçosa, contemporânea, clássica ou moderna, enfim, são vários os estilos que moldam e revelam o desejo da moradia própria. Porém, no momento de consolidar esse anseio e de assinar o contrato de compra de um imóvel é necessário tomar alguns cuidados para evitar que o sonho vire pesadelo, alerta do Núcleo dos Corretores de Imóveis da Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste (ACISMO).

Empolgação, ansiedade e nervosismo são sentimentos que devem ser deixados de lado, pois induzem as pessoas a procurarem alternativas para realizar o quanto antes o seu objetivo. De acordo com o coordenador do Núcleo dos Corretores de Imóveis da ACISMO, Vilmar Lima de Souza, algumas medidas simples devem ser tomadas antes de assinar contratos de compra e venda de imóveis. 

A primeira recomendação é formalizar o negócio sempre com a intermediação de um corretor de imóveis, devidamente inscrito no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI). “Esses profissionais apresentarão as melhores oportunidades existentes no mercado, e poderão avaliar as condições do imóvel, o que contribuirá para a correta decisão do comprador”, enaltece.

O cliente deve analisar cuidadosamente cada cláusula do contrato e em caso de dúvida deve procurar orientação de um advogado especializado. O documento deve conter a qualificação e endereço das partes envolvidas, nome e localização do imóvel, número da matrícula no CRI, descrição, confrontações, áreas e demais características do bem em negociação. Além disso, deve constar preço, prazo de pagamento, valor do sinal, forma e local de pagamento, taxas de juros de financiamento e de mora.

Outro detalhe fundamental é exigir o contrato de compra e venda devidamente assinado pelas partes envolvidas e por duas testemunhas. Depois disso, é recomendável registrar o contrato no Cartório de Registro de Imóveis, o que assegura a efetivação da negociação.

Para quem deseja comprar uma casa ou imóvel usado, a recomendação é verificar as condições da estrutura física, encanamento e instalação elétrica. Por isso, o ideal é agendar visitas para conhecer o imóvel durante o dia, quando será possível identificar problemas na construção, como rachaduras, infiltrações e mofo.

Na hora de adquirir um imóvel novo, deve-se levar em consideração aspectos como localização, ventilação, incidência do sol, procedência e qualidade dos materiais utilizados e principalmente a documentação.

Para quem deseja adquirir um imóvel na planta é preciso atenção redobrada. “O comprador precisa ler com atenção o memorial descritivo do imóvel, para ver se está de acordo com os materiais de divulgação, juntar o máximo de informações sobre o item em negociação e conhecer a imobiliária e a empresa incorporadora”, salienta Souza.

Se o imóvel a ser comprado é um terreno, o comprador precisa conferir a documentação, verificar junto ao plano diretor do município se a área é residencial, comercial ou industrial, e avaliar se serve para o que se pretende construir no local.

CADASTRE-SE

Receba novidades

Loading