Acismo promove ação social para auxiliar Casa de Apoio Terezinha Gaio Basso

Última atualização: 12/04/2012 12:00:00

A ACISMO – Associação Comercial e Industrial de São Miguel do Oeste, ciente das responsabilidades sociais como entidade, lança a partir deste mês um projeto para auxiliar a Casa de Apoio Terezinha Gaio Basso. De acordo com o presidente da associação, Irton Edgar Lamb, dentro do planejamento da nova diretoria está a meta de apoiar uma entidade sem fins lucrativos de São Miguel.

Ele explica que a opção de auxiliar essa entidade foi tomada com ciência da diretoria sobre as dificuldades enfrentadas pela equipe de gestão da Casa de Apoio para custear os gastos mensais, já que a entidade é sem fins lucrativos. “Percebeu-se que a Casa de Apoio vinha enfrentando muita dificuldade, a mídia já vinha alertando essas necessidades básicas a serem supridas, além de que ela abriga pessoas de toda a região Extremo Oeste catarinense”, destaca.

A vice-presidente administrativa da ACISMO, Carla Andrea Assenheimer esclarece que a associação servirá de intermediária na arrecadação de doações para a Casa de Apoio por meio da cobrança, incluindo a doação na mensalidade da associação. Posteriormente os valores doados serão repassados periodicamente a Casa de Apoio.

“O associado poderá optar por três valores: R$ 5,00; R$ 10,00; R$ 15,00; ou um valor que sugerir. A contribuição será mensal, e o tempo/duração poderá ser escolhido pelo associado por prazo indeterminado, mas o cancelamento deverá ser avisado com até um mês de antecedência”, explana.

Carla enfatiza que com a estrutura de cobrança oferecida pela ACISMO fica mais fácil controlar os valores, caso contrário, a Casa de Apoio teria mais dificuldades para sozinha, realizar essa arrecadação. “Esperamos com esta ação contribuir com essa entidade que muito precisa, bem como com todas as pessoas que utilizam daquele espaço em momentos de dificuldades. Quem sabe, essa iniciativa até estimule associações de outros municípios a ajudar, uma vez que a casa abriga pessoas de toda a região Extremo Oeste Catarinense”, considera.

 

A CASA

A Casa de Apoio Teresinha Gaio Basso é uma entidade sem fins lucrativos, governada por um grupo de voluntários, composto por representantes de associações dos bairros de São Miguel do Oeste.

De acordo com a presidente interina da Casa, Cristiane Zanatta Massaro, o maior objetivo da entidade é auxiliar os amigos e familiares dos pacientes internados no Hospital Regional. “A casa fica próximo ao hospital e essas pessoas se hospedam sem custo nenhum e compartilham os problemas com as demais pessoas, de certa maneira ajuda a amenizar esse processo, pois quando se envolve com questão de saúde sempre é mais complicado, as pessoas tem que se deslocar de seus lares para cuidar dos pacientes e a casa abriga os familiares”, frisa.    

Cristiane ressalta que atualmente a maior dificuldade é manter as despesas fixas da casa. “Para conseguir recursos já realizamos almoços, rifas, pedágios e temos parcerias formadas com algumas empresas, mas temos despesas fixas, com o aluguel da casa, água, luz telefone, tem alguém que monitora, controla a alimentação e limpeza. Isso tudo gera uma despesa fixa em torno de dois mil reais por mês”, apresenta.

A casa possui espaço para abrigar em torno de 20 pessoas com compartimentos divididos para homens e mulheres. De janeiro até março de 2012, aproximadamente 130 pessoas de toda a região passaram pelo local. “Nós enquanto diretoria, ficamos muito felizes com essa parceria com a ACISMO, que vem a somar conosco e se solidarizar com as pessoas que utilizam dessa casa. Além disso, quero agradecer a todos que de uma forma ou de outra já colaboraram conosco”, finaliza.

CADASTRE-SE

Receba novidades

Loading